Um chamado a reflexão!

* Por Nivaldo Pavanini

Talvez alguns auditores que não sejam filiados à AAFIT tenham motivos que entendem sejam suficientes, ou justifiquem a desfiliação, ou não filiação, mas, na condição de Diretor de Comunicação da AAFIT externo a reflexão e confiança de que percebo claramente que todos da associação têm compromisso com todos os auditores, inclusive os que não estão associados.

A filiação à AAFIT é como algumas pessoas manifestam este compromisso com a defesa da instituição FISCO, e dos auditores tributários.

A associação pode, para alguns, lembrar de pequenas contrariedades próprias às associações, mas para algumas pessoas e para as Diretorias atuais e passadas da AAFIT, se associar representa um cuidado essencial para a defesa da auditoria, questão esta essencial para o FISCO, pois é sabido que as funções da auditoria são o cerne das competências necessárias ao exercício das atividades fazendárias dentro da legalidade, e por isto têm sido tão atacadas. É um ataque contra a instituição.

Os percalços que vêm desestruturando o FISCO do Distrito Federal são fruto da indiferença. Entendo que a filiação é um ato de responsabilidade com a Carreira, com nossas vidas e de nossos familiares, bem como com o Fisco do DF.

Infelizmente, vemos pessoas importantes da administração tributária sem qualquer compromisso com a função de auditoria tributária. Esta síndrome tem desvirtuado o FISCO do DF causando grande prejuízo à Fazenda Pública e à sociedade. O pior é que muitas pessoas estão até se acostumando com estas distorções; a falta do concurso público para Auditor Tributário é um dos exemplos.

Mas mesmo nestes momentos de provação, vejo muitas pessoas que agem com grandeza para tentar minimizar estes problemas que assolam o Fisco do DF. Acompanhei o compromisso e a integridade de propósitos da Deputada Eurides Brito, no sentido de tomar posições que protegessem a Auditoria Tributária e a instituição do FISCO. Isto me faz ter a certeza de que estes dias ruins podem servir para nosso fortalecimento e conscientização, se as pessoas saírem da indiferença para uma posição consciente e cidadã.

A luta incessante a favor do FISCO e da preservação das bases legais para atuação do FISCO pautou as atividades da Deputada Eurides Brito e de seus assessores, nos meses de junho e julho são um bom exemplo de compromisso com o FISCO.

Mas, mais importante e essencial que isto é o desenvolvimento de nossa consciência e o comprometimento dentro de nossa própria categoria: a consciência política e técnica de que o FISCO é alvo de todos os interesses, e de que precisamos de instituições fortes para nossa representação. A consciência e o compromisso de cada Auditor tributário filiando-se à AAFIT é, em meu juízo, uma manifestação em defesa da instituição.

Espero que Deus abençoe a todos nós com sabedoria, retidão e atitudes adequadas ao momento e ao nosso futuro. Futuro este que será o reflexo de nossas escolhas individuais e coletivas.

Nivaldo Pavanini, diretor de Relações Públicas e Comunicação Social.

Parceiros